Loja Virtual Loja Online E-commerce Vendas Digitais

Por que criar uma loja virtual é uma boa para começar a empreender

Postado por Vinicius Moura em 28 de out de 2019

Por que criar uma loja virtual é uma boa para começar a empreender

Se você já se pegou pensando em como começar a empreender, este post é para você. Existem muitas possibilidades para iniciar um negócio próprio.

Se você já se pegou pensando em como começar a empreender, este post é para você. Existem muitas possibilidades para iniciar um negócio próprio.

Abrir uma loja, ter uma franquia, um e-commerce, vender pelo Instagram, pelo Facebook, por WhatsApp… Realmente, existe um bom número de opções.


Mas vamos nos aprofundar neste artigo nos motivos pelos quais criar uma loja virtual é uma boa ideia para você que quer empreender. Vamos a eles?


1. Crescimento do mercado

O mercado de e-commerce vem crescendo, já há alguns anos, na casa dos dois dígitos no Brasil.

De acordo com a pesquisa Webshoppers, das empresas eBit e Nielsen, em 2018 houve um aumento de 18% no faturamento do comércio eletrônico no nosso país em relação ao ano anterior.


Um outro estudo, encomendado pelo Google, prevê que o Brasil contará com 67,4 milhões de compradores online até 2021.

O levantamento Webshoppers mostrou que, no primeiro semestre de 2019, 5,3 milhões de pessoas compraram na internet pela primeira vez.


Os números são promissores. Mesmo em um período de crise econômica, o e-commerce continuou crescendo no Brasil.

Então, embarcar neste mercado pode ser uma ótima alternativa se você quer começar a empreender e, claro, a ganhar dinheiro com isso.

2. Comece enquanto ainda tem um emprego formal

Se você quer começar a empreender, mas ainda não tem como largar tudo, ter um e-commerce pode ser uma boa solução.

Isso não significa que você não vá ter que se dedicar ao seu negócio — você vai, e muito! —, mas terá mais flexibilidade para lidar com sua loja virtual.


Você não vai ter horário fixo para estar em algum lugar, como seria o caso se você tivesse um ponto físico.

Além disso, se tiver alguma emergência para resolver enquanto estiver na rua, pode fazer isso pelo celular.


3. Você não terá custos com funcionários e com um espaço físico

Outra vantagem do e-commerce, para você que está pensando em como começar a empreender, é a de não ter custos fixos muito altos no início.


Você não precisará pagar aluguel, uma vez que pode começar de casa, e pode iniciar seu negócio sozinho, eliminando os gastos com salários de funcionários.

O único gasto será com a manutenção do seu site, por exemplo, com o pagamento da mensalidade para utilizar uma plataforma de e-commerce. O preço, no entanto, nem se compara ao aluguel de um espaço!


É claro, quando seu negócio começar a crescer, você pode precisar de ajuda de mais pessoas, talvez necessite alugar um espaço para seu estoque e pode pensar em abrir sua loja.

Mas você pode deixar para se preocupar com isso quando suas operações ficarem maiores. E, ainda assim, existem várias formas de controlar seus custos.

4. Um passo de cada vez

Você pode começar com uma operação menor. Isso significa que você não precisa sair vendendo milhares de opções de produtos para o mundo todo.


Foque em poucos artigos no início e entenda como vai funcionar sua logística antes de aumentar a área de entrega.

Você pode começar entregando na sua região, depois aumentar para bairros próximos, sua cidade, estado, depois para o Brasil e, por que não, para o mundo!


Além disso, começar com calma vai te dar tempo para analisar o mercado, entender o que seus concorrentes estão fazendo e como você pode precificar suas mercadorias.

5. Você pode otimizar suas campanhas

Para começar um e-commerce, você vai precisar investir em marketing digital. Mas, apesar de ter que gastar com seus anúncios, esse valor não precisa ser alto.


Depois de identificar suas personas, você pode direcionar seus anúncios para esses públicos específicos.

Assim, você garante que o investimento será canalizado para pessoas que terão mais chances de comprar na sua loja.


6. O alcance será maior

Apesar de sugerirmos que você comece com calma nas suas operações, uma vez que estiver estabelecido, pode pensar em atingir pessoas de lugares cada vez mais distantes.


Quando pensamos em uma loja física, fica evidente a vantagem de se vender online para alcançar mais locais.

A longo prazo, você pode até pensar em vender para o mundo todo.

7. Seu cliente pode comprar a qualquer momento

Ao contrário de uma loja na rua ou em um shopping, o e-commerce não tem horário de funcionamento.

É claro que você não precisa trabalhar 24 horas por dia, mas seu cliente pode acessar seu site e fazer a compra no horário que quiser.


Isso aumenta suas chances de venda ao compararmos o ambiente digital com os pontos físicos.

Lembre-se apenas de deixar claro nos seus canais de atendimento quais os horários de funcionamento e os prazos para resposta. Isso evita a frustração do usuário no seu site.

8. Segurança

Quando você tem um e-commerce, não precisa se preocupar com uma loja na rua aberta até altas horas.

É claro que você também vai lidar com dinheiro, mas as transações serão feitas por cartões de crédito ou de débito, boletos bancários e transferências. Além disso, você não terá um espaço físico exposto para chamar atenção.


Com tantas preocupações que o empreendedor já tem, se você optar pela loja virtual, a segurança será um problema a menos para tirar seu sono.


Mas e aí? Ficou animado para vender pela internet? O trabalho é intenso e cheio de desafios (assim como para qualquer outro tipo de empreendimento). Mas o mercado é promissor e existem várias de potencializar sua loja virtual. Pronto para começar?

Começe já a utilizar o UpGestão

Um bom Sistema de Gestão Online otimiza sua rotina de administrador, permite que você tenha uma visão ampla dos processos da empresa, além de trazer recursos para que você tome suas decisões da forma mais estratégica e inteligente possível.

Experimente Gratis
.