Financeiro Receitas Despesas Faturamento Lucro

Entenda definitivamente a diferença entre faturamento, receita e lucro!

Postado por Vinicius Moura em 26 de nov de 2019

Entenda definitivamente a diferença entre faturamento, receita e lucro!

Apesar de parecer e muitas pessoas confundirem, faturamento é diferente de lucro e receita. Saber sua diferença lhe auxiliará no entendimento de como está a situação da sua empresa.

Muitas das vezes, nos deparamos com as perguntas "Quanto sua empresa fatura ao mês?", ou então "Qual é a média anual das suas receitas?", ou ainda "Quanto você obteve de lucro?". Na maioria das vezes, nos confundimos com o significado de cada palavra, achando que as perguntas são as mesmas. 

Entender o que significa estas palavras pode abrir um novo cenário para o seu negócio, pois assim saberá em quais situações de tomadas de decisões importantes estas métricas lhe auxiliarão. Lembre-se, uma boa gestão financeira pode ser o diferencial de sucesso seu para a sua concorrência.

O desafio de todos que querem se dar bem

Termos como “receita”, “faturamento” e “lucro” podem parecer simples ou confusos em casos diferentes. Isso acontece porque são usadas com significados distintos em contextos variados. Alguns aprendem que lucro é o que sobra, mas não é incomum encontrar quem confunda “lucro” com “receita” ou “faturamento”. Por exemplo: Imagine que você está em uma reunião importante com possíveis investidores. Após a apresentação de seu produto, eles lhe perguntam sobre o faturamento bruto anual da sua empresa. Se você não sabe a principal diferença das três palavras, não saberá nem por onde começar a responder.

Então comecemos com comparações simples que lhe permitirão entender de maneira simples a diferença entre "receita", "faturamento" e "lucro".

Faturamento: quando se diz que a empresa faturou, normalmente está se dizendo que ela emitiu um documento como nota fiscal, um recibo ou uma nota de débito. Quando é feita uma venda, um desses documentos é emitido e aí diz-se que houve um faturamento. Mas observe que quando se fatura uma venda, isso não significa que o dinheiro está no “caixa”! Neste valor também se encontram os impostos que devem ser descontados e recolhidos ao fisco. Então lembre-se:“faturamento não é lucro, porque lucro é o que sobra!”

Receita: Quem nunca confundiu receita com lucro ou com faturamento? O conceito de receita também pode variar de acordo com a atividade de cada empresa. Para ficar mais fácil, iremos dividir os termos em receita bruto e receita líquida.

  • Receita Bruta – Quando o montante analisado corresponde ao faturamento, isto é, somando-se tudo o que se faturou em determinado período, tem se a Receita Bruta. Então, se foram emitidas 250 notas fiscais com o valor médio de R$1.000 em determinado período, sua Receita Bruta foi de R$250.000! Mas, lembre-se, sua empresa não “ganhou” isso tudo. Dessa receita devem ser retirados os impostos, os custos, as comissões etc.

  • Receita Líquida – A receita líquida é diferente em empresas diferentes, porque devem ser descontados tributos diferentes, de acordo com a atividade e o estado em que ela funciona. Após descontados os tributos que incidem diretamente no faturamento, a receita líquida passa a ser o saldo líquido que entrou para o negócio. Em poucas palavras, tiram-se os impostos do faturamento e tem-se o dinheiro que entrará na empresa.

Lucro: Tão desejado pelos acionistas ou quotistas, principal fundamento para a sustentação dos empreendimentos, o lucro também pode ter definições diferentes: lucro bruto ou lucro líquido. 

  • Lucro Bruto = Receita Total – Custos Variáveis

  • Lucro Líquido = Receita Total – Custos Fixos – Custos Variáveis

Não perca tempo! Invista em um bom sistema que lhe proporcione uma boa gestão financeira.

Dúvidas rotineiras são mais comuns na gestão empresarial do que parece. É por isso que se investe em consultorias especializadas e em um bom sistema de gestão que dê suporte aos empreendedores.

O sistema UpGestão é um ERP online que te permite acompanhamento em tempo real das suas receitas, despesas e lucratividade. Foi desenvolvido para atender a pequenas, médias e grande empresas, sejam elas do Simples Nacional (ME, EPP e MEI), Lucro Real ou Lucro Presumido. Ele é perfeito para quem deseja começar a gerir o negócio com maior eficiência e menores custos.

Experimente agora mesmo e veja como é simples e fácil.

Começe já a utilizar o UpGestão

Um bom Sistema de Gestão Online otimiza sua rotina de administrador, permite que você tenha uma visão ampla dos processos da empresa, além de trazer recursos para que você tome suas decisões da forma mais estratégica e inteligente possível.

Experimente Gratis
.