A transformação digital está mudando a forma como as indústrias e as cadeias de suprimentos se relacionam com os seus clientes. As empresas estão se aproveitando das tecnologias baseadas na nuvem para deslocar as vendas orientadas por transações na direção de relacionamentos estratégicos que melhor se alinhem às necessidades dos seus clientes.

É uma visão fundamentalmente diferente do valor entregue. Com base no conselho de um novo relatório da Constellation Research, é a chave para um renascimento empresarial que proporcionará mercados estáveis ​​e crescimento sustentado para os distribuidores que o adotarem.

Houve um tempo em que a distribuição era um processo bastante simples: você recebia e cumpria um pedido do cliente, reabastecia o depósito, lavava, enxaguava e repetia. Com as tecnologias digitais abrindo novas oportunidades e tecnologias integradas, que se movimentam de maneira disruptiva no mercado, os distribuidores precisam de todas as vantagens para ter sucesso e prosperar.

Existem duas áreas em que distribuidores e fabricantes, que são o foco, podem fazer exatamente isso.

Das margens do produto às margens de serviço

Seus clientes continuam se voltando para você, para o mix de produtos que você oferece. Se o relacionamento começa e termina nesse ponto, pode ser que você esteja deixando algumas oportunidades importantes passarem.

Ao mudar de margens de produtos para margens de serviço, os provedores de bens tangíveis podem ganhar dinheiro com a instalação, o serviço de campo, o monitoramento remoto, o atendimento de garantia e uma série de outros serviços subsequentes.

A venda é apenas o começo

Os distribuidores devem encarar tanto um desafio quanto uma oportunidade para as empresas que incentivam os executivos de manufatura a adotar um modelo de negócios pós-venda.

Se os fornecedores que providenciam seu inventário estão se interessando pelo resto da cadeia de suprimentos, é provável que eles estejam de olho em seu pedaço do bolo. Como distribuidor, você pode ter a mesma visão, tanto para proteger quanto para expandir seus negócios.

“As organizações estão migrando de produtos para serviços, serviços para experiências, experiências para insights, insights para promessa de marca”, informa Constellation.

Para algumas empresas isso significa vender mercadorias de nível básico que constroem audiências de massa e usar insights digitais dessa atividade para fornecer serviços personalizados.

Sua gama de produtos pode não se adequar exatamente à mesma estratégia, mas você ainda pode aproveitar os dados que já tem para produzir insights sofisticados que orientam a estratégia de negócios.

Tecnologia torna isso possível

As tecnologias de ponta que impulsionam a transformação digital – da inteligência artificial e da realidade aumentada ao Big Data, ao celular, à computação em nuvem e à Internet das Coisas (IoT) tornam tudo possível.

Mas a história básica ainda é a mesma: a tecnologia torna tudo isso possível, e o ritmo da mudança tecnológica não está prestes a desacelerar e sim a crescer cada vez mais em todo o ecossistema empresarial.

Para acompanhar essa mudança é importante que todos busquem um provedor de software corporativo, que pode ajudá-lo a mover as suas operações para a nuvem. Se você ainda não estiver lá, é uma ótima oportunidade para planejar e avaliar contínuas atualizações que manterão suas operações em andamento e sempre competitivas. Com a concorrência vindo de mais direções do que nunca, não há tempo a perder!

Exatamente por esse motivo, que a UpGestão pensa sempre em Inovação e traz para o mercado uma solução na Nuvem para que você consiga gerenciar seu negócio com tecnologia de ponta.

Experimente agora mesmo grátis por 7 dias e depois nos conte qual foi a sua experiência

Experimente Grátis UpGestão