UpGestão Blog para o seu negócio

Vendas comércio eletrônico loja virtual Nota Fiscal NFe Cupom Fiscal
Postado em :
19 de nov de 2019
5 motivos para investir em comércio eletrônico e aumentar as vendas

5 motivos para investir em comércio eletrônico e aumentar as vendas

Atualmente, estamos vivendo o momento da "Transformação digital". A cada dia que passa, novos comércios eletrônicos surgem, e para acompanhar o mercado, antigas empresas migram para o digital para não ficarem para trás. O motivo é simples: com a evolução da tecnologia, alcançar seus clientes de forma online se tornou mais prático, porém, não é tão simples quanto parece.

“Cinquenta e três bilhões e 2 milhões de Reais”. Por extenso, é uma cifra tão impressionante quanto em números (R$ 53.002.000.000,00). Esse é o crescimento do faturamento do e-commerce no Brasil no ano de 2018, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). A cifra fica mais empolgante quando se vê o relatório da eMarketer; a consultoria americana estima o atingimento de R$ 86,3 bilhões – detalhe, sem considerar os setores de ingressos e turismo.

O comércio eletrônico e a crise no Brasil

Certamente o empreendedor brasileiro compreendeu que o movimento do comércio eletrônico nesse país continental segue o caminho oposto da crise. De acordo com o SEBRAE, em 2017, o comércio eletrônico cresceu 9% em relação ao ano anterior. Enquanto isso o universo de lojas eletrônicas, no mesmo período, atingiu a impressionante marca de 600.000 lojas! Parece que o “jeitinho brasileiro” está sendo deixado de lado e por conta disso o e-commerce nacional cresce a passos largos. Estamos cada vez mais profissionais. Como resultado, a ABComm estimava que o e-commerce brasileiro ainda siga o viés dos anos anteriores e atingiria os 15% de crescimento em 2018. Isso corresponde a mais de 220 milhões de pedidos nas lojas virtuais e um tíquete médio de R$ 310,00.

A ordem é crescer agora

Os dados são animadores. Os especialistas são unânimes em afirmar que ainda há muito espaço para o crescimento dos negócios virtuais no mercado brasileiro. Não é por acaso: veja, a seguir, cinco motivos evidentes de que é importante investir na venda online no Brasil. (Fonte: “Vendas globais no varejo e-commerce”. eMarketer. 2018).

#1. O e-commerce tem muito a avançar – 1/4 da população total de internautas brasileiros fará ao menos uma compra pela internet em 2018. Para se ter uma noção da dimensão da oportunidade, no Reino Unido a proporção é de 76,3%.

#2. O número de digital shoppers brasileiros chega a 93,4 milhões – Digital shoppers são aqueles que navegam, pesquisam e compram produtos, mas nem sempre pela Internet.  Esse é um número que só tende a crescer. É por isso que a Amazon aposta no seu marketplace de eletrônicos por aqui.

#3. Os Marketplaces estão se multiplicando – O lançamento de plataformas de vendas online geram novas fontes de receita. E como geram! A ABComm detectou que o crescimento de lojas de varejistas como Magazine LuizaWalmart BrasilAmericanas etc, aumentou 15,3% em 2017, além disso os resultados são animadores.

#4. O consumidor brasileiro está cada vez mais consciente e exigente – O varejista que não investe em Internet está se escondendo, porque o comprador está pesquisando primeiro na web e nos aplicativos dos smartphones. Em poucas palavras, a tecnologia trouxe conveniência, comodidade e, como resultado, trouxe também o poder de comparação de preços, qualidade e outras características importantes para quem vai decidir o que comprar (e se vai fazer isso).

#5. Cada vez mais as diversas categorias de produtos vêm sendo aceitas pelo consumidor – Já foi o tempo em que a compra pela internet era basicamente de livros e eletrônicos. Hoje, produtos de cama, mesa e banho, ferramentas, produtos infantis, vinhos, cervejas, roupas, sapatos, maquiagem e muitos outros itens estão sendo comercializados pelo meio online. Isso reflete o amadurecimento das relações entre o fornecedor e o consumidor.

Vantagem Competitiva é fundamental

É preciso registrar que ter um negócio online e vender é importante para o empreendedor, para o consumidor e para o país. Mas para que o negócio funcione de forma profissional, administrar é fundamental. Em um mercado competitivo, não há espaço para improvisos. Gestão administrativacontrole de estoquegestão financeiragestão tributária e de obrigações fiscais precisam ser simplificados. Assim as tarefas são executadas de forma ágil. Mais faturamento com menos complexidade.

Sistema de Gestão Empresarial Online UpGestão foi desenvolvido sob medida para a sua empresa. Com ele é possível ser forte na execução e aproveitar a oportunidade do comércio eletrônico no Brasil. E aí, você já sabe: oportunidade + força = Vantagem Competitiva!

Começe já a utilizar o UpGestão

Um bom Sistema de Gestão Online otimiza sua rotina de administrador, permite que você tenha uma visão ampla dos processos da empresa, além de trazer recursos para que você tome suas decisões da forma mais estratégica e inteligente possível.

Experimente Gratis
.